Sexta-feira
18 de Junho de 2021 - 

Controle de Processos

Newsletter

Últimas notícias

Com inscrições já abertas, Rede TO Sustentável realizará o 1º seminário virtual de gestão de resíduos sólidos no Tocantins, entre 15 e 16 de junho

Após o sucesso dos resultados obtidos pela ação “Drive Thru da Coleta Seletiva Solidária”, que arrecadou cerca de 1.200 toneladas de materiais recicláveis, a Rede TO Sustentável, através do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat) e Núcleo de Gestão Socioambiental (Nuges), realizará nos dias 15 e 16 deste mês, das 14 às 17h30, o “I Seminário de Gestão Socioambiental: Atuação em rede em prol da Gestão de Resíduos no Tocantins”. O evento, que integra a agenda de comemorações do Judiciário tocantinense em prol do mês do meio ambiente, ocorrerá de forma virtual, por meio da Plataforma Virtual da Esmat, com transmissão ao vivo pelo YouTube. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o próximo dia 14 de junho, clicando no link: https://bit.ly/355Bupk. São públicos-alvos do evento servidores e magistrados do Poder Judiciário do Tocantins; integrantes dos órgãos participantes da Rede TO Sustentável, estudantes, professores, profissionais e integrantes brasileiros e estrangeiros do sistema de Justiça; além de servidores dos órgãos parceiros da Esmat e de pessoas interessadas na temática. Serão creditadas 8 horas como carga horária para certificação, lembrando que é preciso ter no mínimo 75% de frequência para receber o certificado. O objetivo do seminário é fomentar o debate acerca da produção de resíduos sólidos e o seu descarte de forma adequada no âmbito das instituições públicas e municípios do Estado do Tocantins, além de disseminar boas práticas e troca de experiências entre os órgãos e entidades participantes. O seminário, que será coordenado pela presidente da Comissão Permanente Gestora do Plano de Logística Sustentável (PLS-PJTO), desembargadora Ângela Prudente, e pelo presidente do Comitê Técnico de Sustentabilidade do TJTO e gestor do projeto Rede TO Sustentável, desembargador Pedro Nelson Coutinho. Palestras O evento contará com quatro palestras, que terão duração de até 50 minutos. No dia 15 de junho, a primeira palestra, com tema “Rotas Tecnológicas para a Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos”, será ministrada pelo professor adjunto da Universidade de Brasília (UNB) e doutor em Desenvolvimento Sustentável, Paulo Celso dos Reis Gomes. Já a segunda apresentação, com a temática “Gestão dos Resíduos Sólidos no Tocantins: Panorama e Desafios”, será proferida pelo procurador de Justiça do Ministério Público (MPTO), coordenador do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (Caoma), e membro da Comissão do Meio Ambiente do Conselho Nacional do Ministério Público (CMA/CNMP), José Maria da Silva Júnior. No dia 16, o doutor em Hidráulica e Saneamento e professor titular da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Aurélio Pessôa Picanço, abrirá os trabalhos com o tema “Impactos do Novo Marco Regulatório do Saneamento Básico na gestão dos Resíduos Sólidos”. O Seminário finalizará com a palestra “Panorama de Resíduos Sólidos nos municípios do Estado do Tocantins, uma avaliação técnico-financeira sob a ótica do TCE/TO”, ministrada pelo o auditor de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e engenheiro ambiental, Ikaro Peres Cunha. Rede TO Sustentável O projeto Rede TO Sustentável segue os preceitos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), orientado pelo Plano de Logística Sustentável (PLS) do Poder Judiciário do Tocantins (PJTO) e prevê a realização de ações conjuntas e de apoio mútuo entre os partícipes para a implementação de programas e ações interinstitucionais de responsabilidade socioambiental, dentre elas, o compromisso de todos com a gestão consciente dos recursos naturais. A Rede TO Sustentável, composta pelo Tribunal de Justiça do Tocantins, Ministério Público Estadual (MPTO), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Defensoria Pública Estadual (DPE), Universidade Federal do Tocantins (UFT), Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), Tribunal Regional Eleitoral (TRE), com apoio do Governo do Estado do Tocantins, Prefeitura de Palmas, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), sob a coordenação do Núcleo de Gestão Socioambiental (Nuges), com a participação da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável (CGPLS) e da Comissão da Coleta Seletiva do TJTO.
10/06/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  187523