Sexta-feira
21 de Setembro de 2018 - 

Controle de Processos

Newsletter

Últimas notícias

Magistrados aposentados em 2018 são homenageados em solenidade no Tribunal de Justiça

O Tribunal de Justiça realizou nesta quarta-feira (16/5) sessão em homenagem aos cinco magistrados aposentados nos primeiros meses do ano: desembargadores Rui Francisco Barreiros Fortes, Cesar Augusto Mimoso Ruiz Abreu e Lédio Rosa de Andrade e juízes Pedro Walicoski Carvalho e Roberto Marius Fávero. Em cerimônia comandada pelo presidente em exercício do TJ, desembargador Moacyr de Moraes Lima Filho, e prestigiada pelo governador em exercício, desembargador Rodrigo Collaço, os homenageados ingressaram no auditório ladeados pelos desembargadores Pedro Manoel Abreu, na condição de decano da corte, e Álvaro Pereira de Andrade, integrante mais moderno do quadro. A solenidade teve por objetivo enaltecer a dedicação e reconhecer os relevantes serviços prestados pelos cinco magistrados ao longo de suas carreiras. Todos foram agraciados com uma placa de prata pela vitoriosa trajetória. O desembargador Cid Goulart foi responsável pelo discurso, proferido em nome do TJ. "Este ato marca uma despedida mas serve também de agradecimento, oportunidade única de externar nossa profunda gratidão pela cordialidade, lealdade e destemor sempre presentes nas condutas de todos os homenageados, cultuadores da ética jurídica que deixam um legado de honorabilidade para todos nós", afirmou. O desembargador Moacyr, ao encerrar a solenidade, lembrou aos colegas que eles partem com a certeza do dever cumprido para, a partir de agora, dedicarem mais tempo ao estreitamento dos laços familiares - muitas vezes reduzido pela imensa carga de trabalho imposta pelo exercício da judicatura. Conheça um pouco mais os homenageados desta quarta-feira: Desembargador Rui Fortes, natural de Laguna, ingressou na magistratura estadual em 1978. Foi promovido ao cargo de desembargador em 2002. Presidia, por fim, a 3ª Câmara Criminal, o 1º Grupo de Direito Criminal e a Seção Criminal do TJ. Ele recebeu sua placa de prata das mãos do desembargador Ricardo Orofino da Luz Fontes. Desembargador Cesar Abreu, natural de Florianópolis, ingressou na magistratura estadual em 1984. Foi promovido ao cargo de desembargador em 2002. Foi presidente, vice-presidente e corregedor eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) no biênio 2016-2017. No TJ, integrava, antes de se aposentar, a 4ª Câmara de Direito Civil. Ele recebeu sua placa de prata das mãos da desembargadora Maria do Rocio Luz Santa Ritta, sua esposa. Desembargador Lédio de Andrade, natural de Tubarão, ingressou na magistratura estadual em 1982 e alcançou o cargo de desembargador do TJ em 2007. Presidia, por fim, a 4ª Câmara de Direito Comercial. Ele recebeu sua placa de prata das mãos do desembargador Jairo Fernandes Gonçalves. Juiz Pedro Walicoski Carvalho, natural de Papanduva, ingressou na carreira em 1994. Judicou nas comarcas de Chapecó, Urubici, Santo Amaro da Imperatriz, Tijucas, Itajaí e São José. Atuava, por fim, como titular do Juizado Especial Criminal e de Violência Doméstica e Familiar da comarca de São José. Ele recebeu sua placa de prata das mãos do desembargador José Agenor de Aragão. Juiz Roberto Marius Fávero, natural de Porto Alegre-RS, ingressou na magistratura em 1994. Atuou nas comarcas de Videira, Tubarão, Turvo e São José. Por fim, atuava como titular da 1ª Vara Cível da comarca de São José. Ele recebeu sua placa de prata das mãos do desembargador Pedro Manoel Abreu.
16/05/2018 (00:00)
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  96814